15 de dezembro de 2015

BOMBA! ONGs PROTETORAS DE ANIMAIS SÃO ACUSADAS DE FALSIFICAR ASSINATURAS DE AGENTES DE COMBATE ÀS ENDEMIAS E DE SE BENEFICIAREM COM 900 MIL


Sete agentes de combate às endemias lotados no combate à raiva no CCZ foram arrolados num processo administrativo depois de ter seus nomes  falsificados no cartão de vacina antirrábica.  E estão tendo que responder na delegacia, Graças a DEUS que está sendo provado que as assinaturas não são dos servidores,  os colegas que  procuraram o jurídico da AACES para pedir orientação e apoio estão sendo acompanhados na delegacia nas audiências por nossos advogados, que por sinal amanhã 16/12 um ACE será ouvido na delegacia de crimes econômicos e contra a administração pública -dececap .AV. OTÁVIO MANGABEIRA, Nº 11735, PIATÂ, num momento desses temos que dar total apoio moral e jurídico.



O  esquema era realizado por meio do serviço de castração animal. Isso porque, para realizar esse procedimento gratuito, o proprietário do animal deve ter um cartão de vacina  regularizado e assinado por um veterinário particular ou um cartão de vacina público emitido pelo CCZ e assinado por um ACE de combate à raiva.
Segundo o colega - que não quis se identificar -, o processo já foi para o  Ministério Publico (MP), e  ele vai aguardar o término do processo para tomar as medidas judiciais cabíveis O agente quer explicações das três ONGs citadas para saber como os cartões chegaram até elas para , assim, descobrir os responsáveis pela falsificação das assinaturas. "Afinal,  é o meu nome que está em jogo, e isso não vai ficar assim", desabafou o colega.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nunca diga para os outros, aquilo que não gostaria de ouvir