31 de março de 2016

MAIS UMA VEZ ENFRENTANDO A TIRANIA!

ABAIXO A REPRESSÃO, DIDADURA DE NOVO? NÃO! 

policial saca arma para intimidar servidores municipais em greve
Mais uma vez os servidores em greve são impedidos de se aproximar da prefeitura com o carro de som para não incomodar vossa excelencia o prefeito que inssiste em não negociar com os servidores, ao inves disso tenta se valer de um decreto contraditorio e parcial que impede carro de som se aproximar da prefeitura, entretanto arma em frente a prefeitura estruturas e palanques com aparelhamento de som muito mais potentes.
Todavia sua Associação que luta junto aos agentes de saude pelo piso nacional da categoria e o sindicato dos servidores não se deixaram intimidar e mais uma vez tivemos que fazer valer no peito e na raça nossos direitos constitucionais e com apoio dos trabalhadores rompemos a barreira policial que a prefeitura usou contra os seus propios funcionarios, até arma foi sacada pro servidor.

vejam o video

Prefeitura dando as "boas vindas ao seus funcionarios"
servidores em frente a prefeitura

...é guerra é?

Nesta sexta como ficou acordado em assembleia os trabalhadores tem encontro marcado as 06h da manhã na tv record e as 10h na SEMGE  nos Barris. A luta não pode parar.



Servidores protestam contra bloqueio salarial feito por ACM Neto

Os servidores municipais de Salvador fizeram assembleia de greve nesta última quinta-feira (31). Os trabalhadores protestaram contra a intransigência da prefeitura em não negociar com os grevistas, além de não querer implantar o piso salarial nacional dos agentes de saúde.


Para agravar ainda mais a situação, ACM Neto arbitrariamente resolveu bloquear o salário de muitos servidores, o que revoltou os trabalhadores.


Depois de superlotar a Quadra de Ginásio de Esporte  dos Bancários, os servidores saíram em passeata até a prefeitura, onde uma comissão foi recebida pelo chefe de Gabinete de ACM Neto. Desbloqueio dos salários, abono dos dias de greve, reajuste salarial e a implantação do piso salarial  nacional dos agentes de saúde foram as reivindicações apresentadas pela comissão.


Após a pressão do movimento paredista, a gestão resolveu antecipar a mesa de negociação de segunda para sexta-feira, dia 1, às 10h, na Secretaria Municipal de Gestão (Semge), local também onde ocorrerá assembleia para apresentar a contraproposta da prefeitura.

Portaria 535 revisa o quantitativo máximo de ACEs de Salvador; agora são 1.425 agentes contemplados pela AFC

A Portaria 535, publicada dia 31 de março, estabelece a revisão do quantitativo máximo de agentes de combate às endemias que pode ser contrato pelas prefeituras com o auxílio da Assistência Financeira Complementar da União (AFC). Os gestores têm até o dia 31 de julho de 2016 para fazer o recadastramento dos ACEs, utilizando o código definitivo de Classificação Brasileira de Ocupação (CBO): 5151-40 - Agentes de Combate às Endemias.

Para Salvador, a notícia não foi tão boa assim, visto que a capital baiana tem o contingente de 2.065 agentes, mas com a revisão, os contemplados pela AFC saíram dos 1.020 para 1.425. Portanto, trata de um quantitativo ainda aquém da realidade dos soteropolitanos.

Boa notícia aos ACEs: Sai a Portaria 535, que rivisa quantitativo passível de contratação pelas prefeituras


Foi publicada a Portaria 535, de 30 de março de 2016, que revisa o quantitativo máximo de  Agentes de Combate às Endemias (ACEs) passível de contratação com o auxílio da assistência financeira complementar da União. Os gestores têm a 31 de julho de 2016 para fazer o recadastramento dos ACEs, utilizando o código definitivo de Classificação Brasileira de Ocupação (CBO) de agentes de combate às endemias (ACEs): 5151-40 - Agentes de Combate às Endemias.







30 de março de 2016

Varela critica tentativa de politizar protesto de servidores: “Prefeito, vá ao mercado”

Redação VN
redacao@varelanoticias.com.br
Os servidores municipais que foram à Estação da Lapa protestar contra o prefeito ACM Neto (DEM), nesta terça-feira (29), acabaram voltando pra casa com o gosto amargo do spray de pimenta no rosto. Nesta quarta (30), Varela criticou a postura de Neto ao não abrir negociações para aumento salarial da categoria e citou a inflação atual no Brasil, que eleva o preço dos alimentos e outros produtos. Confira o comentário na íntegra:
“Eu não concordo quando Neto fala que é movimento político. O movimento é trabalhista. Prefeito, vá no mercado fazer uma feira. Dá um pulinho no mercado, com a lista que você comprou no mês passado. Como o pobre vai se alimentar se as coisas estão dobrando de preço? Se a inflação estivesse baixa, ninguém pediria aumento. Mas na cabeça do político, tudo é política, mas não é. Há insatisfação do servidor, o que é natural, porque o reajuste é obrigatório. Qual é o indexador do município? A inflação? O INPC? Mas tem que ter indexador. Você não pode passar dois anos sem aumento. Isso estaria certo se 1 real valesse 1 dólar, porque teria estabilidade, inflação zero, como já tivemos no passado, no governo de Itamar Franco, ministro FHC. Havia mês que tinha deflação. Dei ontem parabéns ao prefeito pela Lapa, um equipamento importantíssimo, e eu me senti muito à vontade porque cobrei por 20 anos de Imbassahy, João Henrique. Parabéns à Prefeitura, mas politizar o movimento não. Está todo mundo comendo menos e o salário é o mesmo. Parece que essa gente de terno não vai no mercado, não compra pão… só a fruta, prefeito, aumentou 40%”.





29 de março de 2016

Servidores municipais fazem assembleia na próxima quinta-feira (31)



Na próxima quinta-feira, dia 31, às 8h, na Quadra do Ginásio de Esportes dos Bancários, no Largo dos Aflitos, os servidores municipais de Salvador realizam mais uma assembleia. Há quinze dias que os trabalhadores estão paralisados, reivindicando reajuste salarial de 17% mais implantação imediata do piso salarial nacional dos agentes de saúde. No entanto,  ACM Neto insiste em dar 0%, além de não querer implantar o piso. "Trata-se de uma gestão que investe mais de 60 milhões em propaganda, a fim de ludibriar os desinformados, mas que despreza os servidores municipais", finalizou Bira, diretor de comunicação da Associação dos Agentes Comunitários e de Endemias de Salvador (Aaces).

Servidores municipais protestam durante inauguração da Lapa



Houve uso de 'spray de pimenta'; categoria em greve pede negociação.
Situação ocorreu em evento na manhã desta terça-feira (29), em Salvador.

Protesto de servidores municipais durante a inauguração da nova Estação da Lapa, em Salvador (Foto: Juliana Almirante/G1)

Servidores municipais de Salvador, em greve desde o dia 15 de março, fizeram um protesto durante o evento de inauguração da revitalização da Estação da Lapa na manhã desta terça-feira (29), com a presença do prefeito ACM Neto.

Coordenador geral do Sindicato dos Servidores da Prefeitura de Salvador (Sindiseps), Everaldo Braga (Foto: Juliana Almirante/G1)
O coordenador geral do Sindicato dos Servidores da Prefeitura de Salvador (Sindiseps), Everaldo Braga, denunciou que seguranças jogaram "spray de pimenta" nos trabalhadores e houve tumulto. "Nós temos que protestar, e esse direito foi interrompido. Não teve nenhuma rodada de negociação. O prefeito não negociou, infelizmente", declarou.

A categoria pede 17% de reajuste, além de perdas inflacionárias e auxílio-alimentação.

Por telefone, a assessoria da Prefeitura de Salvador afirmou que o "spray de pimenta" foi disparado por um dos integrantes do protesto. Ainda de acordo com a gestão municipal, policiais militares estavam no local, mas não localizaram o autor do uso do gás.


Protesto de servidores municipais durante a inauguração da nova Estação da Lapa, em Salvador (Foto: Juliana Almirante/G1)Durante o evento, os servidores entoaram gritos de protesto contra o que classificam como falta de negociação da prefeitura.
Durante o discurso, o prefeito respondeu. "Vão trabalhar porque senão, esqueçam o contracheque porque não vão receber o salário. Mais de 95% dos servidores estão trabalhando porque têm compromisso com nossa cidade", afirmou o prefeito de Salvador, ACM Neto.
Assembleia
Os servidores municipais de Salvador optaram por manter a greve após nova assembleia realizada na manhã de segunda-feira (28), na Praça da Piedade, centro da cidade. O Sindiseps organizou uma feira de saúde, com serviços gratuitos de monitoramento de glicemia e aferição de pressão. As atividades aconteceram ao longo da manhã de segunda-feira, na Praça da Piedade.
Ainda não existe data marcada para uma nova assembleia. Em contato com o G1 na segunda-feira, a Secretaria Municipal de Gestão (Semge) informou que aconteceu uma negociação com os grevistas na quarta-feira (23), e que o entrave é o reajuste salarial, uma vez que a prefeitura só pode fazer uma proposta a partir do final de abril, quando a arrecadação municipal do primeiro semestre for analisada.
Do G1 BA
http://g1.globo.com/bahia/noticia/2016/03/servidores-municipais-protestam-durante-inauguracao-da-lapa.html 

Servidores em greve são tratados com violência por jagunços de ACM Neto



Servidores municipais fizeram assembleia na manhã desta terça-feira (29) na Secretaria Municipal de Gestão (Semge). Os trabalhadores protestam contra a intransigência de ACM Neto, já que o alcaide fechou todos canais de negociação com os servidores, além de oferecer 0% de reajuste e não implantar o piso salarial nacional dos agentes de saúde.


Após a concentração, os servidores saíram em passeata em direção à Lapa, onde foram recebidos com gás de efeito moral, splay de pimenta e muita truculência pelos jagunços do prefeito. Isso é uma grande vergonha: um gestor arrogante, que apenas sabe ameaçar  os trabalhadores com corte de ponto.

"Salvador aniversaria, mas quem lhe serve bem é presenteado com violência e desvalorização", desabafou Paulo, diretor da Associação dos Agentes Comunitários e de Endemias de Salvador (Aaces).

Os grevistas prometem novos protestos nos próximos dias.




28 de março de 2016

Servidores mantêm greve e realizam assembleia nesta terça (29) na Semge



Os servidores municipais fazem assembleia nesta terça-feira, dia 29, às 7h, em frente à Secretaria Municipal de Gestão (Semge). Os trabalhadores reivindicam 17% de reajuste salarial e a implantação imediata do piso salarial nacional dos agentes de saúde. Apesar da intransigência da gestão, os trabalhadores continuam firmes na greve e conclamam a categoria para mais uma assembleia.  "A participação de todos é de suma importância para o êxito das reivindicações", afirmou Marri, delegada da Associação dos Agentes Comunitários e de Endemias de Salvador (Aaces).



Servidores municipais fazem assembleia e decidem pela continuação da greve



Os servidores municipais de Salvador realizaram assembleia na manhã desta segunda-feira (28) na Praça da Piedade. Os trabalhadores reivindicam aumento salarial de 17% e a implantação do piso nacional dos agentes de saúde. Mas a gestão insiste em dar 0%. Apesar disso, os grevistas votaram pela continuação da greve e já preparam novos protestos.

26 de março de 2016

Parabéns ao diretor Bira


Parabenizamos o diretor Bira pela passagem do seu aniversário. Que a luz da Ressurreição de Jesus possa iluminar toda a sua existência! Feliz aniversário, companheiro!

Diretoria da Aaces.



24 de março de 2016

...E PARA O SERVIDOR 0%, TÁ CERTO ISSO PREFEITO?

Prefeitura de Salvador gasta mais de meio milhão com “extra” pago a secretários em 2015


Valor vale por participação em reuniões de conselhos de empresas públicas
Foto: Felipe Ricardo/Varela Notícias
Breno Cunha
redacao@varelanoticias.com.br
A crise econômica que atinge o país e em especial Salvador, que anunciou recentemente corte de gastos, só deve valer para os mais pobres. Em 2015, apenas de ganhos extras em seus salários, secretários do prefeito ACM Neto (DEM) conseguiram receber uma bolada de dinheiro público. Trata-se de jetons, valores pagos por participação em reuniões dos conselhos fiscais e administrativos de empresas estatais. Os dados foram divulgados pelo jornalista Pablo Reis e conseguidos através da Lei de Acesso à Informação.
Segundo a tabela disponibilizada pela Prefeitura de Salvador, o secretário da Fazenda, Paulo Souto (DEM), foi o maior beneficiado com jetons. Ele participou de reuniões de conselhos da Limpurb, Desal e Cogel, embolsando por isso nada menos que R$ 166.924,88 durante todo o ano passado. Participando de reuniões da Desal e da Limpurb, Luis Carrera, secretário municipal da Casa Civil, recebeu R$ 142.800 com jetons.
No total, a Prefeitura de Salvador gastou R$ 558.514,61 com jetons em 2015. Para quem não sabe, os colegiados das empresas públicas que cumprem a Lei das SAs (Sociedade Anônima) quase sempre se reúnem uma vez por mês e essas reuniões duram em média uma hora e meia, mas podem chegar ultrapassar quatro horas. Para participar destas reuniões, o valor pago a secretários varia, mas gira em torno de R$ 4 mil por encontro.
Em 2014, ACM Neto (DEM) aumentou as gratificações pagas aos conselheiros de empresas públicas municipais em aproximadamente 100%. Na época, ele argumentou que o valor pago estava defasado. “Agora os conselhos realmente se reúnem, tem pessoas qualificadas que debatem o presente e o futuro dessas empresas”, disse.
Confira abaixo o valor que cada secretário de Neto recebeu por reunião em diferentes órgãos públicos:
Varela Notícias entrou em contato, por telefone e e-mail, com Paulo Souto e Luis Carrera, os dois secretários que mais receberam por participação em reuniões de conselhos das empresas públicas, mas até o fechamento da matéria, nenhum dos dois respondeu. A Prefeitura de Salvador foi consultada para comentar e também não respondeu.

Varela Notícias

A morte de Jesus foi resultado de uma trama político-religiosa


fotos de jesus (5)
Por Ubiraci Moraes
Parece  razoável pensar que, do ponto de vista histórico, a morte de Jesus foi resultado de uma trama político-religiosa. Suas atividades sempre foram contestadas e motivo de apreensão por parte da classe dominante de sua época, que via seu poder ameaçado. O evangelista São Marcos deixa isso bem claro ao afirmar, após uma atividade pública de Jesus,  a reação dos seus opositores: “Os fariseus saíram imediatamente e deliberaram com os herodianos como acabar com ele” (Mc 3,6). Essa oposição é compreensível porque o ideário que guiava o projeto libertador de Jesus ia de encontro aos opressores, pois ele afirmava que


O Espírito do Senhor está sobre mim, porque  ele me ungiu para que dê a boa notícia aos pobres;enviou-me a anunciar a liberdade aos cativos e a visão aos cegos, para por em liberdade os oprimidos, para proclamar  o ano de graça do Senhor (Lc 4, 18-19).


Além disso, fazia duras críticas aos líderes religiosos:


Cuidado com os letrados. Gostam de passear com largas túnicas, que os saúdem pela rua, dos primeiros assentos nas sinagogas e dos melhores lugares nos banquetes. Com pretexto de longas orações, devoram as propriedades das viúvas. Receberão sentença mais severa (Mc 12,38-40)


O Cântico da Virgem Maria também é bastante revelador quando diz: ”(...) Derruba do trono os potentados e exalta os humildes: cumula de bens os famintos e despede vazios os ricos” (Lc1,52-53).


Observa-se, desse modo, que Jesus lutava contra a opressão sofrida pelo seu povo tanto pela classe política, representada pelos partidários de Herodes, os herodianos, quanto pela classe religiosa, os fariseus. Esse sistema voltou-se contra ele e o condenou à pena de morte: morte na cruz.


Mas o seu ideal de luta contra a opressão, contra os tiranos, não morreu, continua vivo nos movimentos sociais, nos sindicatos e associações e nas igrejas que lutam pelos direitos dos trabalhadores e dos pobres; está presente naquele que se coloca em defesa dos marginalizados e dos que são vítimas de toda espécie de preconceito.


Ubiraci Moraes é agente de saúde e professor.

23 de março de 2016

Nota de Falecimento

É com muito pesar que comunicamos o falecimento da agente de saúde Ana Maria dos Santos Pires. A colega era do Distrito Sanitário Pau da Lima. O sepultamento será amanhã, às 11h, no Quinta dos Lázaros. Que Deus conforte a família.


22 de março de 2016

A GREVE CONTINUA, E SEGUNDA DIA 28/03 ASSEMBLEIA NA PIEDADE ÁS 8 HORAS, PISO NACIONAL JÁ!


Os agentes de saúde  se juntaram com outros servidores municipais de Salvador  e após a assembleia que votou a manutenção da greve no Largo do Campo, Protestando contra a decisão do prefeito ACM Neto (DEM) de não cumprir a lei 12.994 que autoriza o pagamento do piso nacional  da categoria, depois num movimento pacifico e ordeiro os trabalhadores seguiram pelo Corredor da Vitória em direção ao Farol da Barra. 



A gestão não chamou e nem quer abrir a mesa de negociação, a ultima  rodada foi realizada no dia 14 de março, a próxima assembleia acontece na próxima segunda-feira (28), a partir das 8h, na Praça da Piedade. 




Vejam outras fotos da caminhada clicando em mais informações abaixo:

21 de março de 2016

Servidores municipais fazem assembleia no Campo Grande nesta terça-feira (22)





A greve dos servidores municipais de Salvador já completou 6 dias, mas a intransigência do Prefeito ACM Neto continua a mesma: 0% de reajuste, além de não querer implantar o piso salarial nacional dos agentes de saúde. "Não reajustar o salário  é um grande desrespeito dessa gestão com os trabalhadores", afirmou Marri, delegada da Associação dos Agentes Comunitários e de Endemias de Salvador (Aaces).

A prefeitura alega que a data-base dos servidores é em maio, mas não esclarece (maldosamente?) que estamos em ano eleitoral, portanto o reajuste só pode ser dado com 180 dias antes das eleições, isto é, em 2 de abril. Essa é a razão pela qual a mobilização da Campanha Salarial de 2016 começou mais cedo.

Outra desculpa do gestor é a crise financeira que a assola o pais. "Por que então tanta festa em nossa cidade, se a questão é a falta de verba? Na verdade, falta vontade política do prefeito. É bom lembrar que a implantação do piso dos agentes é feita com recursos federais, que já estão nos cofres da prefeitura. Portanto, essa desculpa não procede", criticou Bira, diretor de Comunicação da Aaces.

Amanhã, às 8h, no Campo Grande, os servidores fazem assembleia para tomar as deliberações do movimento grevista. "Todos devem participar para fortalecer a luta. Só a nossa união pode conseguir nossas reivindicações", disse Enádio, presidente da Aaces e diretor do Sindicato dos Servidores da Prefeitura do Salvador (Sindseps).

19 de março de 2016

Nota de falecimento


É com muito pesar que comunicamos o falecimento de D.Marisa do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ). O sepultamento será realizado em Muritiba, terra natal da servidora. Que Deus conforte os familiares.

18 de março de 2016

A greve continua, e a Aaces faz mobilização na Secretaria Municipal de Saúde



A mobilização do movimento paredista já está em ação. Diretores e delegados da Associação dos Agentes Comunitários e de Combate às Endemias de Salvador (Aaces) estão mobilizados  em frente à Secretaria Municipal de Saúde (SMS), desde a manhã desta sexta-feira (18),  no intuito de convencer os servidores que ainda não aderiram ao movimento grevista.
A greve por tempo indeterminado completa quatro dias, mas a intransigência do gesto continua a mesma: 0% de reajuste.  E a não implantação piso salarial nacional dos agentes de saúde.

ASSEMBLEIA DE GREVE NO CAMPO GRANDE

Na próxima terça-feira (22), às 8h, no Campo Grande, grande assembleia dos servidores municipais. Servidores unidos jamais serão vencidos!

17 de março de 2016

Servidores municipais fazem assembleia de greve e congestionam região do Iguatemi



Os servidores municipais realizaram assembleia de greve em frente ao Shopping da Bahia (antigo Iguatemi) na manhã desta quinta-feira (16). Os trabalhadores se queixam da intransigência da Prefeitura de Salvador em atender às reivindicações da categoria. Isso porque o Prefeito ACM Neto insiste em oferecer 0% de reajuste salarial, além de não implantar o piso salarial nacional dos agentes de saúde.


" A gestão não está negociando e empurrando com a barriga as reivindicações dos funcionários públicos, uma vez que, por lei eleitoral, qualquer reajuste salarial só pode ser dado até 180 dias antes das eleições, no caso, dia 2 de abril. Isso é prova cabal do desrespeito com o qual o governo ACM Neto trato os servidores", esclareceu Enádio, que é diretor do Sindicato dos Servidores da Prefeitura do Salvador (Sindseps) e presidente da Associação dos Agentes Comunitários e de Combate às Endemias de Salvador (Aaces).


Depois da concentração, uma multidão de grevistas  fizeram caminhada congestionando toda região do Iguatemi. De longe se ouviam os gritos de protestos, regados de musicalidade. " Foi uma imagem muita bonita de se ver, todas as categorias unidas e firmes num único objetivo", afirmou Bira - diretor de comunicação da Aaces.


Os servidores realizam nova assembleia na próxima terça-feira (22), às 8h, no Campo Grande, seguida de caminhada até a Barra. Venha! Participe! Construa uma nova história para os servidores municipais!

16 de março de 2016

Ação na justiça das gratificações: Agentes de saúde com documentação pendente


Taise Santos França  987544 – RG – CPF – comprovante de residência;

Josemar Souza Pimentel  984557 - RG – CPF – comprovante de residência;

Nilton machado de Almeida Júnior  985599 - RG – CPF – comprovante de residência;

Aurina Tito das Neves  982157 – comprovante de residência (a servidora esqueceu o pen drive);

Janquele Gomes Ramos Santos  984381- RG – CPF - comprovante de residência - contracheque;
Gildomario Mota dos Santos- Assinar a procuração.

Ação na justiça das gratificações: 23 de março termina o prazo para a entrega da documentação

Os agentes de saúde de Salvador têm até o dia 23 de março para entregar a documentação necessária para ação na justiça a respeito das gratificações. Portanto, companheiros, não percam a data e agilizem a cópia dos documentos necessários:
- RG;
- CPF;
- Comprovante de residência;
- Contracheque. 




DIA 17/03 A LUTA SERÁ EM FRENTE AO SHOPPING DA BAHIA ( ANTIGO IGUATEMI)



Venha pra rua, que a luta cresce!

Bom mesmo é ir à luta com determinação, abraçar a vida com paixão, perder com classe e vencer com ousadia, porque o mundo pertence a quem se atreve e a vida é muito para ser insignificante.



Augusto Branco

Atenção, Mobilizações e Gemobs! Ministério da Saúde seleciona boas experiências de combate ao Aedes aegypti

Saúde seleciona boas experiências de combate ao Aedes Aegypti
Foto: PAHO/WHO
O Ministério da Saúde vai premiar as melhores iniciativas desenvolvidas por profissionais de saúde, prefeituras e sociedade civil no combate ao mosquito Aedes aegypti. As inscrições devem ser feitas até o dia 3 de abril, no site Comunidade de Práticas. “O Brasil está mobilizado para o combate ao Aedes aegypti. Diferentes ações são desenvolvidas para envolver a população no controle do mosquito, que transmite a dengue e a chikungunya, além do vírus Zika, relacionado ao aumento de casos de microcefalia. O ministério quer reunir e divulgar as experiências para que possam ser replicadas em todo o país”. De acordo com a Agência Brasil, a chamada envolve três categorias do Plano Nacional de Enfrentamento ao Aedes aegypti e à Microcefalia: Mobilização e Combate ao Vetor; Cuidado (vigilância e atenção à saúde); e Desenvolvimento Tecnológico, Educação e Pesquisa. A premiação é destinada a estudantes, trabalhadores, docentes, gestores e usuários do Sistema Único de Saúde em âmbito local, municipal, regional, estadual ou nacional, bem como pessoas ligadas a instituições e sociedade civil que desenvolvam experiências relacionadas ao combate ao Aedes aegypti, assim como o manejo das doenças causadas pelo mosquito. Os oito relatos selecionados terão divulgação completa em mídias da Comunidade de Práticas e de parceiros. Os três melhores poderão mostrar sua experiência pessoalmente, no Ministério da Saúde, em Brasília. A Comunidade de Práticas é uma rede social para troca de experiências e informações sobre saúde. Criada em 2012, a plataforma colaborativa tem 50 mil pessoas inscritas, entre gestores e trabalhadores da saúde pública.

Na luta pelo Piso Nacional

A luta pelo Piso Nacional está sendo feita por meio da greve, mas nosso setor jurídico está entrando com uma ação na justiça requerendo, além do Piso Nacional, o retroativo, sendo que se faz necessário que cada servidor solicite a ação individualmente. Para isso, é necessário levar a cópia dos seguintes documentos: RG, CPF, comprovante de residência e os três últimos contracheques.

Lembrando que os contracheques podem ser impressos na sede da AACES.

Direção da AACES

Servidores de Salvador iniciam greve, fazem passeata e enfrentam PMs

Os servidores municipais de Salvador realizaram na manhã de terça-feira (15) assembleia de greve em frente à Secretaria Municipal de Gestão (Semge). Os trabalhadores reivindicam reajuste de 17%, enquanto os agentes de saúde exigem a implantação imediata do piso salarial nacional da categoria. Isso porque os recursos federais já estão nos cofres da prefeitura para pagamento. Mas a prefeitura insiste em 0% .






Logo após  a concentração, os grevistas saíram em passeata em direção à Praça Municipal. No caminho, encontraram PMs que queriam impedir a passagem do movimento paredista. Houve acirramento de ânimos, muita confusão, mas os servidores foram firmes, enfrentaram os policiais e completaram o trajeto. "Conseguimos achegar até a Praça porque não tivemos medo, somos pais e mães família, trabalhadores que buscam seus direitos. Polícia é pra ladrão, não para trabalhador", desabafou Nilzete, que é delegada da Associação dos Agentes Comunitários e de Endemias de Salvador (Aaces).




Assembleia no Iguatemi



Na próxima quinta-feira, às 8h, no Iguatemi, grande assembleia dos servidores. Venha! Participe! Lute! Sem luta, não haverá vitória!






15 de março de 2016

AO SOM DE Ô Ô Ô O SERVIDOR PAROU, OS AGENTES DE SAÚDE DE SALVADOR ENTRAM EM GREVE


Depois de uma assembleia com casa cheia, onde os ACS e ACE, s mostraram sua força de resistência dentro da luta pela implantação do Piso Nacional, e não tiveram alternativas senão deflagrar greve, depois que a gestão disse 0% em relação ao pagamento do piso.




“Com palavras de ordem “O mosquito estamos combatendo, e o piso nacional ACM Neto, está nos devendo”“ Agentes na rua, prefeito a culpa é sua “os guerreiros (as) saíram em passeata ordeira e pacifica até a prefeitura, como é de praxe quando chegou à altura da Praça Castro Alves a PM até tentou impedir a mando do prefeito, mas os servidores junto com os agentes de saúde passaram”.



A gestão vai à imprensa dizer que a greve é precipitada porque a data base é Maio, só que isso é uma grande casca de banana, porque A legislação impede aumento nos salários de servidores públicos no período de 180 (cento e oitenta) dias que antecedam a eleição. A decisão é resultado de uma consulta feita ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e reforça orientação anterior emitida.



Por tanto irmãos e irmãs de farda, a hora do piso é essa, venha pra luta, acreditamos que todos querem o piso, e o momento de união, não desperdice seu talento em redes sociais, o seu lugar é nas trincheiras das batalhas pelo piso nacional.


Na quinta feira dia 17/03 a partir das 8 horas estaremos em frente ao Iguatemi em mais um dia de muita luta, e você está convidado (a) quem quer o piso nacional, vem pra lutar, quem não quer, inventa desculpas.

Vejam outras fotos clicando em mais informações abaixo: