13 de fevereiro de 2016

Prefeito de Retirolândia denuncia falta de larvicida para combater Aedes: ‘usamos piabas’


Prefeito de Retirolândia denuncia falta de larvicida para combater Aedes: ‘usamos piabas’
Foto: Reprodução / Facebook
O prefeito de Retirolândia, André Martins, denunciou em sua página no Facebook nesta quinta-feira (11) a falta de produto para o combate de larvas do mosquito Aedes aegypti, transmissor do zika vírus, da febre chikungunya e dengue na cidade. Segundo o gestor do município localizado na região do Sisal, mesmo com o surto da tríplice epidemia na região, a cidade está há mais de 60 dias sem receber o larvicida, por causa do que ele classificou como “descaso e irresponsabilidade” dos governos federal e estadual. “Assim, temos 23 agentes de saúde visitando as casas sem o produto para combater o mosquito. Semana passada entregaram 2 Kg, 20 pacotinhos deste: não pudemos nem dar 1 a cada agente de saúde. Cada pacotinho desses dá para visitar 7 ou 8 residências. Depois de mais de 60 dias o produto que chegou não durou nem 1 dia!”, desabafou na postagem. Com a falta do produto, a prefeitura recorreu a uma medida drástica para tentar minimizar os efeitos da ausência do larvicida. “Neste período de falta recorremos as piabas, isso mesmo: funcionários pescavam piabas e as soltavam nas cisternas infectadas!”, ressaltou. Ainda de acordo com o prefeito, não há previsão para chegada de novas remessas do produto no município. 

Bahianotícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nunca diga para os outros, aquilo que não gostaria de ouvir