2 de novembro de 2013

Manifestação dos Agentes de saúde pelo piso nacional marca inauguração da Via Expressa com presença de Dilma em Salvador


Cerca de 300 servidores públicos, entre agentes de endemias e agentes comunitários de saúde dos municípios de Dias D´vila, Candeias, Vera Cruz, Camaçari e Salvador , com o apoio da Força Sindical, CTB, AACES  e o SINDSEPS fizeram um protesto ordeiro e pacifico com uma passeata até um dos acessos da Via Expressa onde ocorria a cerimônia de inauguração da obra com a presença da presidente Dilma. 

Os agentes Tiveram o apoio  da vereadora Fabíola Mansur na mediação
Foi  fechada uma parte da via e a polícia negociou a passagem de carros, o clima ficou tenso, mas não houve tumulto, depois de muita negociação com o exercito, foi liberado uma comissão formada pelos municípios presentes para entrar na inauguração onde foi entregue um documento pedindo o compromisso da presidente Dilma em deixar a bancada governista votar e aprovar o piso nacional.
A saída da Manifestação 

O grupo estava com bandeiras e pedia a aprovação do piso salarial da categoria de R$ 950,00. Atualmente eles recebem R$ 592. "Na semana passada ia ter a votação, mas a bancada do governo não quis votar. Nós estamos aqui para tentar fazer com que a presidente se conscientize com a causa no próximo dia 12 de Novembro ela deixe que a bancada governista aprove o PL 7495/06 porque se o governo tem dinheiro para ajudar o Paraguai e o programa mais médicos, também tem para dar nosso piso nacional: disse o presidente da AACES e dirigente estadual da Força Sindical Enádio Careca.

Vejam toas as fotos da manifestação clicando em mais informações abaixo:
























































































Apoio dos moradores










O clima ficou tenso

aumentou a tensão

mas passamos 

agentes unidos jamis serão vencidos







A imprensa chega e cobre nossa manifestação 






o clima esquentou novamente, desta vez com o exercito 






Um comentário:

  1. parabéns vcs fizeram a coisa certa sem violência vencemos tudo acredito que a presidente não vai deixar nós sem o piso, tomara que isso aconteça no dia 12 eles votarem a favor do nosso piso nós merecemos um salário digno.

    ResponderExcluir

Nunca diga para os outros, aquilo que não gostaria de ouvir