27 de novembro de 2015

Casos com suspeita de microcefalia são investigados em São Paulo

Casos com suspeita de microcefalia são investigados em São Paulo

Casos com suspeita de microcefalia são investigados em São Paulo
Foto: Thinkstock
Dois casos de microcefalia que podem estar relacionados com o vírus zika estão em processo de investigação pela Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo. Segundo a Agência Brasil, as duas gestantes estiveram no Nordeste brasileiro, região com alta transmissão do vírus. A pasta informou que as mulheres estão internadas na capital paulista e ambas tiveram a microcefalia identificada após um exame de ultrassom. Em nota, o gestor do órgão, Alexandre Padilha, alou sobre a importância da troca de informações entre os profissionais de saúde sobre suspeitas do vírus Zika, que é transmitido pelo mosquito Aedes aegypti, o mesmo que causa a dengue. "É importante manter o fluxo [de informações] em relação à microcefalia e o Zika – tanto na notificação obrigatória quanto no registro feito em hospitais; iniciar de imediato o processo de investigação, descartar outras causas e apurar o histórico das pacientes, como por exemplo se são ou não de São Paulo", diz o texto. O secretário recomendou à população redobrar os cuidados já que, em todas as localidades onde há a presença do mosquito, as pessoas estão sujeitas a contrair dengue, Zika vírus e chicungunia. Padilha alertou que a maioria dos focos (80%) estão dentro das residências. 
Bahianotícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nunca diga para os outros, aquilo que não gostaria de ouvir