25 de novembro de 2015

Brasil teve 1,5 casos de dengue em 2015;número de mortes aumentou 79%

Brasil teve 1,5 milhão casos de dengue em 2015; número de mortes aumentou 79%
Foto: Rafael Neddermeyer/ Fotos Públicas
O número de casos de dengue no Brasil foi de 1,5 milhão entre janeiro e 14 de novembro deste ano, um aumento de 176% em comparativo com o mesmo período do ano passado, quando foram registrados 555,4 mil casos. O levantamento foi divulgado nesta terça-feira (24) pelo Ministério da Saúde. Segundo a pasta, 199 municípios brasileiros correm risco de viver um surto de dengue, chikungunya e zika. Já outros 665 cidades estão em situação de alerta, quando 1% a 3,9% dos imóveis registram focos do mosquito aedes aegypti, transmissor das doenças, e 928 apresentam situação satisfatória, com menos de 1% dos imóveis com focos. Ainda de acordo com os dados do ministério, o estado de Goiás teve a maior incidência de casos da doença, com 2.314 casos por 100 mil habitantes. O número de mortes aumentou 79%, saltando de 453 mortes, em 2014, para 811, em 2015. Salvador não encaminhou dados sobre número de ocorrências da dengue ao Ministério da Saúde. Ainda segundo o levantamento divulgado pela pasta, o país teve este ano 17.146 casos suspeitos de chikungunya, sendo 6.726 confirmados. A pesquisa identificou a presença do mosquito Aedes albopictus, que também pode também transmitir a doença, em 262 municípios. Já em relação ao zika vírus, até esta terça-feira (24), 18 estados confirmaram casos da doença. Há ocorrências na Bahia, Roraima, Pará, Amazônia, Roraima, Tocantins, Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Rio de Janeiro, São Paulo, Espírito Santo, Mato Grosso e Paraná. A doença tem sido constantemente relacionado ao surto de microcefalia enfrentado pelo Brasil. Os dados são do Liraa 2015 (Levantamento Rápido do índice de Infestação pela Aedes Aegypti), realizado entre outubro e novembro em 1.792 cidades nas 18 capitais, com o objetivo de orientar ações de controle de dengue.
Bahianotícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nunca diga para os outros, aquilo que não gostaria de ouvir