5 de abril de 2016

Servidores municipais pedem intermediação do MPE entre os trabalhadores e a prefeitura


O funcionalismo público municipal está paralisado desde 15 de março. Na manhã desta terça-feira (5), os servidores fizeram assembleia em frente ao prédio da Câmara de Vereadores de Salvador. Em seguida saíram em caminhada até o Ministério Público Estadual (MPE), para solicitar a intermediação do órgão na negociação com a Prefeitura de Salvador. Isso porque o prefeito ACM Neto fechou o canal de negociação com os grevistas.

Os trabalhadores reivindicam reajuste salarial de 17% mais a implantação imediata do piso salarial nacional dos agentes de saúde.

Nesta quarta-feira (6), às 8h, haverá uma assembleia na Secretaria Municipal de Gestão (Semge). De lá, os servidores fazem caminhada até o MPE, onde acontece uma reunião da Comissão de Servidores com a promotora.



"Se o prefeito ACM Neto aposta na intransigência e na falta de diálogo, nós acreditamos na negociação e no diálogo, por isso viemos buscar a colaboração MPE, desabafou  Marri, delegada da Associação dos Agentes Comunitários e de Endemias de Salvador (Aaces).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nunca diga para os outros, aquilo que não gostaria de ouvir