12 de abril de 2016

Servidores em greve fazem protesto "silencioso" em reinauguração de multicentro de saúde na Liberdade



Há 29 dias paralisados, os servidores municipais de Salvador fizeram protesto "silencioso" durante a reinauguração do Multicentro de Saúde Liberdade - Prof. Bezerra Lopes no bairro da Liberdade. Os trabalhadores recepcionaram o prefeito ACM Neto de costas e com vários cartazes reivindicatórios.


Os grevistas exigem os 40% descontados do salário em represaria à participação na greve, além de reajuste salarial de 17% mais a implantação imediata do piso salarial nacional dos agentes de saúde, cuja verba da União já está nos cofres da prefeitura.


AVANÇO

Com intermediação do Ministério Público Estadual (MPE), ACM Neto começa a sinalizar com uma contraproposta. Aguarda-se para hoje uma possível Mesa de Negociação entre os representantes da categoria e a gestão.


PRÓXIMA ASSEMBLEIA

Amanhã, dia 13, os servidores  se reúnem, em assembleia, na Praça do Iguatemi, às 8h. "Esperamos que a gestão apresente uma contraproposta à categoria", afirmou Cássia, diretora da Associação dos Agentes Comunitários e de Endemias de Salvador (Aaces).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nunca diga para os outros, aquilo que não gostaria de ouvir