24 de março de 2016

...E PARA O SERVIDOR 0%, TÁ CERTO ISSO PREFEITO?

Prefeitura de Salvador gasta mais de meio milhão com “extra” pago a secretários em 2015


Valor vale por participação em reuniões de conselhos de empresas públicas
Foto: Felipe Ricardo/Varela Notícias
Breno Cunha
redacao@varelanoticias.com.br
A crise econômica que atinge o país e em especial Salvador, que anunciou recentemente corte de gastos, só deve valer para os mais pobres. Em 2015, apenas de ganhos extras em seus salários, secretários do prefeito ACM Neto (DEM) conseguiram receber uma bolada de dinheiro público. Trata-se de jetons, valores pagos por participação em reuniões dos conselhos fiscais e administrativos de empresas estatais. Os dados foram divulgados pelo jornalista Pablo Reis e conseguidos através da Lei de Acesso à Informação.
Segundo a tabela disponibilizada pela Prefeitura de Salvador, o secretário da Fazenda, Paulo Souto (DEM), foi o maior beneficiado com jetons. Ele participou de reuniões de conselhos da Limpurb, Desal e Cogel, embolsando por isso nada menos que R$ 166.924,88 durante todo o ano passado. Participando de reuniões da Desal e da Limpurb, Luis Carrera, secretário municipal da Casa Civil, recebeu R$ 142.800 com jetons.
No total, a Prefeitura de Salvador gastou R$ 558.514,61 com jetons em 2015. Para quem não sabe, os colegiados das empresas públicas que cumprem a Lei das SAs (Sociedade Anônima) quase sempre se reúnem uma vez por mês e essas reuniões duram em média uma hora e meia, mas podem chegar ultrapassar quatro horas. Para participar destas reuniões, o valor pago a secretários varia, mas gira em torno de R$ 4 mil por encontro.
Em 2014, ACM Neto (DEM) aumentou as gratificações pagas aos conselheiros de empresas públicas municipais em aproximadamente 100%. Na época, ele argumentou que o valor pago estava defasado. “Agora os conselhos realmente se reúnem, tem pessoas qualificadas que debatem o presente e o futuro dessas empresas”, disse.
Confira abaixo o valor que cada secretário de Neto recebeu por reunião em diferentes órgãos públicos:
Varela Notícias entrou em contato, por telefone e e-mail, com Paulo Souto e Luis Carrera, os dois secretários que mais receberam por participação em reuniões de conselhos das empresas públicas, mas até o fechamento da matéria, nenhum dos dois respondeu. A Prefeitura de Salvador foi consultada para comentar e também não respondeu.

Varela Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nunca diga para os outros, aquilo que não gostaria de ouvir