9 de dezembro de 2014

NOTICIA BOA: ESTRATÉGIA DA AACES PODE RESOLVER CADASTRO DOS ACEs NO CNES


Como já foi sinalizado em matéria anterior, a Associação dos Agentes Comunitários e de Endemias de Salvador - BA (Aaces) tomou a iniciativa de verificar se os agentes de combate às endemias (ACEs) estavam ou não registrados no Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES). Constatado que havia poucos ACEs cadastrados ( cerca de 488), o diretor Josué, propôs à Secretaria Municipal da Saúde (SMS) a  estratégia de cruzamento de dados. Aceita a sugestão,  a Aaces solicitou do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) uma lista completa dos
trabalhadores para que pudesse ser feito o processo. 
E no dia 4/12, o diretor Ubiraci recebeu o comunicado da SMS de que    o cruzamento de dados poderá ser feito, de modo que todos os  agentes serão cadastrados automaticamente no sistema do Ministério da Saúde. Mas, em visita hoje (9), foi informado pelo NTI que, devido a um problema na data de admissão ou de nascimento, ainda não se pode confirmar o sucesso no  cruzamento das informações.
A depender da resposta final da SMS, não haverá mais a necessidade de se fazer o preenchimento do formulário. 
 Sendo assim o  discurso da Associação pauta-se na união e luta concreta pela defesa das conquistas  dos trabalhadores. Portanto, mais uma vez, toma a iniciativa e oferece solução para aplicação efetiva do piso nacional. Vale ressaltar o apoio muito importante do Sindicato dos Servidores da Prefeitura do Salvador (Sindseps) nessa luta.

Nota: Quem não preencheu ainda o formulário deve aguardar a resposta da SMS. Ou, por precaução, ir à sede e fazer o preenchimento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nunca diga para os outros, aquilo que não gostaria de ouvir