31 de julho de 2015

REAJUSTE MUNICIPAL COM RETROATIVO A MAIO E O PISO NACIONAL JÁ!

Os agentes de saúde aguardam ansiosos para perceber os frutos da luta travada nos meses de abril a junho. A Diretoria da Associação dos Agentes Comunitários e de Endemias de Salvador (Aaces) não tem poupado esforços para fazer com que isso aconteça. Uma verdadeira vigilância  tem sido utilizada para acompanhar a chegada da Mensagem do Poder Executivo à Câmara de Vereadores que trata do reajuste dos servidores da saúde e funcionários de empresas públicas. 

Desde o último dia 19 de junho, a cobrança tem sido feita no sentido de adiantar este procedimento burocrático. Outra situação veiculada na grande imprensa mostra o “recesso branco” nas atividades dos vereadores, razão pela qual as sessões não têm acontecido de maneira ordinária. Outra frente de trabalho tem envolvido diretores da entidade na sensibilização dos legisladores em realizar as sessões e, em caráter de “urgência urgentíssima”, garantir a aprovação da Mensagem do Executivo sem nenhum prejuízo em seu conteúdo, principalmente no que tange ao direito de ganhos retroativos ao mês de maio. 

Estamos cobrando diariamente ao Poder Executivo, por meio da Casa Civil, que envie o texto legislativo que traz o nosso reajuste e as demais pautas acordadas. A categoria precisa ver nos seus contracheques todos os ganhos retroativos, e exigiremos que, na folha em que o aumento salarial for creditado, que todos os meses anteriores (maio, junho, julho) sejam aplicados de uma só vez, no mesmo mês. Isso não será uma benesse governamental, e sim, nossa exigência se transformando em realidade. Tenham a certeza plena de que estamos determinados em fazer valer a sua decisão nas assembleias. 



Não permitiremos que nenhuma situação estranha ou desejo individual seja maior que a vontade coletiva declarada pela categoria. Reafirmamos nosso compromisso com os agentes de saúde e ressaltamos que manteremos a conduta ímpar e condizente com a história brilhante de nossa Associação, que nunca se desviou da verdade, fazendo a luta com responsabilidade.

 Queremos imediata votação do projeto com nosso reajuste, entendendo que o piso nacional é o nosso principal objetivo, de modo que um reajuste não impede o outro pelo fato do acordo da CAMPANHA SALARIAL 2015 ser verba municipal, enquanto o REPASSE DO PISO NACIONAL ser  VERBA FEDERAL AINDA A SER CARIMBADA.

Direção da AACES

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nunca diga para os outros, aquilo que não gostaria de ouvir