26 de outubro de 2016

Ministério da Saúde vai distribuir teste rápido de Zika produzido pela Bahiafarma

Ministério da Saúde vai distribuir teste rápido de Zika produzido pela Bahiafarma
Foto: Divulgação
O Ministério da Saúde anunciou, nesta terça-feira (25), a compra de 3,5 milhões de testes rápidos para identificar o vírus Zika. Os kits foram idealizados e serão produzidos pelo laboratório público Bahiafarma. A distribuição deve acontecer até fevereiro do próximo ano. A tecnologia confirma, em 20 minutos, se o paciente está ou já foi infectado pelo vírus Zika em algum momento da vida. O teste ofertado atualmente pelo Sistema Único de Saúde (SUS) é o PCR (biologia molecular), que só detecta a doença quando o vírus está presente na corrente sanguínea. O Ministério da Saúde investiu R$ 119 milhões para a aquisição dos testes sorológicos. O teste será realizado em pessoas com indicação médica, sendo que as gestantes e crianças terão preferência. “Além de ser rápido, este é o primeiro teste de Zika que permite a detecção pregressa da infecção pelo vírus. Isso é muito importante para cuidar da população que mais precisa por isso a prioridade são as gestantes e as crianças”, declarou o ministro da Saúde, Ricardo Barros. O Brasil registrou, até 17 de setembro, 200.465 casos prováveis de Zika, o que representa uma taxa de incidência de 98,1 casos a cada 100 mil habitantes. Foram confirmados laboratorialmente, em 2016, três óbitos por vírus Zika no país. O Ministério da Saúde tornou compulsória a notificação dos casos de Zika em fevereiro deste ano.
 
Bahianotícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nunca diga para os outros, aquilo que não gostaria de ouvir