20 de outubro de 2016

Brasileiros criam teste capaz de diagnosticar 416 vírus de regiões tropicais


Brasileiros criam teste capaz de diagnosticar 416 vírus de regiões tropicais
Foto: PAHO/ WHO
Uma equipe de pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP), em Ribeirão Preto, desenvolveu uma plataforma capaz de diagnosticar 416 vírus encontrados nas regiões tropicais do planeta. De acordo com os criadores, a ferramenta poderá ser usada por centros de referência para realizar a vigilância epidemiológica de patógenos com potencial para causar epidemias em humanos. "Com a chegada do verão, deve aumentar o número de pacientes com suspeita de infecção por dengue, zika ou chikungunya. Mas, muitas vezes, o diagnóstico dessas doenças não é confirmado pelos métodos convencionais e ficamos sem saber quais vírus estão realmente circulando", afirmou o professor Victor Hugo Aquino, coordenador da pesquisa, à Agência Fapesp. Na avaliação do professor, se uma ferramenta como essa estivesse disponível na época em que o Zika começou a circular no Brasil, talvez tivesse sido possível restringir a infecção a seu foco original. "Demoramos para perceber que estava ocorrendo uma epidemia no país porque ninguém estava pensando em zika naquele momento", disse. Além dos patógenos que já causam impacto significativo na saúde pública brasileira, o teste abrange outros que, por enquanto, só foram detectados de forma esporádica, mas apresentam potencial para se tornarem epidêmicos.

Bahianotícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nunca diga para os outros, aquilo que não gostaria de ouvir