31 de agosto de 2016

Zika causa surdez em 6% dos bebês de mães infectadas, aponta estudo da Fiocruz

Zika causa surdez em 6% dos bebês de mães infectadas, aponta estudo da Fiocruz
Foto: Reprodução / USP
Um estudo brasileiro, realizado com 70 bebês de mães que contraíram zika, apontou que quase 6% deles tiveram perda de audição por conta da infecção que as mães contraíram. O estudo busca registrar todas as possibilidades que o vírus pode causar durante a gravidez. Além da microcefalia, que é o efeito mais conhecido do vírus, outras anomalias cerebrais, problemas de visão e alteração nas juntas podem ocorrer advindos da infecção pelo vírus. A equipe, liderada pelos médicos Marli Tenório e Ernesto Marques, da Fundação Oswaldo Cruz de Pernambuco, examinou registros de 70 bebês com microcefalia contraída através da infecção durante a gravidez da mãe. O vírus da zika foi acrescentado à lista de doenças contraídas durante a gravidez que podem causar perda de audição no bebê; a rubéola e o citomegalovírus já estavam na lista. Os cientistas emitiram um alerta para que as crianças que foram expostas durante a gravidez e apresentam audição normal continuem sendo checadas regularmente por conta de uma possibilidade de perda progressiva de audição.
 
Bahianotícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nunca diga para os outros, aquilo que não gostaria de ouvir